O Voluntariado é uma forma de amizade social

Considero o voluntariado como uma forma genuína da prática da cidadania por se tratar de uma opção feita livremente, sem motivações salariais e cujo único objetivo é o colocar-se ao serviço de outrem e do bem comum.

Novas oportunidades de voluntariado em tempos de pandemia

Em plena pandemia foi lançado o desafio à Pista Mágica de operacionalizar a gestão do programa de voluntariado juvenil “Agora Nós” na Região Norte (…). A ideia era integrar jovens voluntários para apoiar pessoas idosas em situação vulnerável através do projeto “Apoio Maior” e criar um novo.

Voluntariado internacional

(…) desenvolver competências pessoais e profissionais, colocar conhecimentos em prática e, simultaneamente, contribuir para as diferentes comunidades e projetos por onde passamos. (…) permitem sair realmente sair da nossa zona de conforto e crescer como pessoas num curto período de tempo.

O olhar que espera um recluso quando sai em liberdade

(…) o jugo de uma condenação perene não pode senão dificultar ou impossibilitar qualquer um de recomeçar e perdurar num caminho limpo. Afinal de contas, todos dependemos (…) de encontrar confiança no olhar do outro para manter a passada firme.

Fazer pontes para resolver problemas

Percebi que o meu lugar nesta missão era exatamente pôr o que sei fazer melhor ao serviço desta causa – a de dar a quem tem uma limitação cognitiva, mas compatível com a vida autónoma, o seu lugar na sociedade através de uma resposta adequada a esse potencial.

Proteger aqueles que sempre nos protegeram

Que bom é ser-se voluntário quando temos a certeza profunda de estar a contribuir para uma causa muito maior que nós, sem esperar nada, a não ser o sentimento de dever cumprido por fazermos mais e melhor pelos outros e de não deixarmos ninguém para trás.

Um dia de sol

Cada um de nós tem um papel importantíssimo como cidadão. (…) Cada vez mais temos a obrigação de construir um futuro risonho carregando o peso do nosso passado aos ombros, honrando a nossa história.